Anúncio Patrocinado

Aneel empurra 52% de aumento na conta de energia de todo brasileiro em julho

energia fica mais cara em agosto
Anúncio Patrocinado

O que estava ruim ficou pior. A super bandeira vermelha vai arrancar o último centavo do bolso do brasileiro no mês de julho, quando o cidadão vai pagar 52% de aumento na conta. A notícia foi confirmada nesta terça-feira e gerou mais uma onda de críticas nas redes sociais. Por conta da crise hídrica todo mundo vai pagar mais.

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL aprovou a bandeira tarifária patamar 2 referente a julho de 2021 que será de R$ 9,492 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A bandeira vigente em julho foi anunciada na última sexta-feira (25/6).

O ONS vem registrando sucessivos recordes históricos de níveis críticos na quantidade de chuvas sobre os principais reservatórios desde setembro de 2020, quando começou a última temporada hidrológica úmida nas principais bacias hidrográficas com empreendimentos de geração de energia elétrica no Brasil. Alguns meses nesse intervalo registraram as piores afluências de que se tinha conhecimento até então, cuja referência inicia-se em 1931.

Simulações conduzidas pela ANEEL, a partir das condições de contorno estabelecidas pelo ONS no âmbito dos Programas Mensais da Operação (PMO) de junho e de julho de 2021, confirmaram conjuntura de excepcional severidade hidrológica para o segundo semestre de 2021. A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) declarou situação crítica de escassez quantitativa de recursos hídricos na bacia hidrográfica do rio Paraná, uma das principais do país, mediante a edição da Resolução ANA n. 77, de 1º de junho de 2021.

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI