Vídeo que mostra idosa viva em saco preto em hospital, revolta internautas, veja

Governo do Pará confirmou a veracidade do vídeo que circula nas redes sociais, mostrando uma idosa, ainda viva, deitada sobre um saco preto, no Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci, distrito de Belém, que atende exclusivamente pacientes de Covid-19. Segundo nota enviada pelo governo, em nenhum momento a paciente, que deu entrada para atendimento na segunda-feira (4), foi encaminhada para o necrotério do hospital enquanto viva. A idosa morreu na terça-feira (5).

No vídeo, a idosa aparece usando uma máscara de pano e tem respiração difícil. As imagens viralizaram nas redes sociais e causaram polêmica diante da hipótese da paciente ter sido levada, ainda viva, para o necrotério do Abelardo Santos.

Segundo nota enviada pelo Governo do Estado, a direção da Santa Casa de Pacaembu, Organização Social em Saúde (OS) responsável pela gestão do Hospital Abelardo Santos, o saco preto é usado “como aparato de suporte de transferência entre macas, método comum nos hospitais”.

A idosa A.V. S. deu entrada na urgência do Hospital Abelardo Santos, em estado gravíssimo. Recebeu assistência médica adequada pela equipe de plantão. Estava no setor de observação à espera de leito.

Enquanto aguardava internação, a paciente teve agravamento de seu quadro. Foi avaliada por dois médicos e encaminhada para a sala vermelha, área destinada a pacientes críticos e lá evoluiu para óbito.

A nota afirma que a direção da Santa Casa de Pacaembu já abriu procedimento interno para identificar o vazamento da imagem da paciente, “uma vez que isso é considerado uma atitude antiética, desumana e passível de punição penal”.

Devido as cenas fortes, você tem que clicar na imagem abaixo e em seguida clicar em ABRIR para ver o vídeo.

Ver video

Entre em nossos grupos:

34Curta nossa página, Clique aqui
Veja mais notícias clicando AQUI