Ricardo revela que se Temer não renunciar, PSB defenderá impeachment

RICARDO COUTINHO IBOP 1200x480 2
RICARDO COUTINHO IBOP 1200x480 2

O governador Ricardo Coutinho está em Brasília, onde participa neste sábado (20) de uma reunião da Executiva Nacional do PSB que decidiu pela saída do partido do governo Temer e que se o presidente não renunciar, o seu partido vai defender o impeachment.

Confira abaixo a mensagem do governador.

“PSB, com a nossa concordância e defesa, considera que o Governo Temer precisa acabar e defende as eleições Diretas para Presidente.

Caso Temer não renuncie, o PSB votará a favor do Impeachment.

 

 

Defendemos a articulação de setores da sociedade em torno da construção de uma pauta mínima em defesa da democracia e da retomada do desenvolvimento com inclusão social.

Avançamos”, diz a mensagem do governador.

Membros da Executiva Nacional do PSB confirmaram no dia de hoje a saída do partido do governo Temer, que tem 35 deputados e 7 senadores, além de pedir que o ministro Fernando Coelho Filho, de Minas e Energia, deixe o governo.

A saída do PSB do governo ocorre após revelação de que o presidente Michel Temer negociou propina com a JBS para calar a boca do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

 

Entre em nossos grupos:

34Curta nossa página, Clique aqui
Veja mais notícias clicando AQUI