Anúncio Patrocinado

Polícia Civil prende acusado de assassinar jovem de 24 anos; veja

Anúncio Patrocinado

A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) da Capital, deu cumprimento, na tarde desta segunda-feira (17), ao mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de R. da C., de 24 anos, apontado como sendo o autor do homicídio que vitimou Josenildo Carvalho de Melo, conhecido como Nildo.

A delegada Emília Ferraz lembrou que a prisão foi resultado do trabalho em conjunto desenvolvido pelo cartório Titular e pelo cartório Adjunto 02 da DCCPES (homicídios da capital) e o Mandado de Prisão foi expedido pelo Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Capital.

Ela informou ainda que o caso aconteceu no dia 03 de outubro de 2020, por volta das 23h00, no bairro do Rangel, em João Pessoa, vitimando um rapaz que não tinha antecedentes criminais, mas teria dito na comunidade que denunciaria à Justiça quem teria matado o seu irmão.

“Nildo, sem antecedentes criminais, ou qualquer envolvimento com o mundo do crime, era um trabalhador e pai de família, nascido e criado naquela comunidade, e foi emboscado numa ação criminosa onde foi constatada a ocorrência de 15 disparos de pistola calibre 380, sendo morto como “queima de arquivo” para ocultação de um outro crime, pois teria declarado aos moradores do bairro que iria à Justiça para prestar informações sobre a identificação das pessoas que, no passado, teriam atentado contra a vida de seu irmão caçula”, revelou a delegada Emília Ferraz.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, mas caso o denunciante queira se identificar, a Polícia Civil garante que sua identidade permanecerá sob o mais absoluto sigilo.

Fonte: Repórter PB

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI