A Páscoa é um feriado cristão que celebra a crença na ressurreição de Jesus Cristo. No Novo Testamento da Bíblia, o evento ocorreu três dias depois que Jesus foi crucificado pelos romanos e morreu em aproximadamente 30 d.C.

O feriado conclui a “Paixão de Cristo”, uma série de eventos e feriados que começa com a Quaresma. – um período de 40 dias de jejum e oração – e termina com a Semana Santa, que inclui a quinta-feira santa (celebração da última ceia de Jesus com seus 12 apóstolos), sexta-feira santa (sobre a qual se observa a crucificação de Jesus); Domingo de Páscoa.

Significado do feriado

Segundo a Bíblia, a Páscoa é a profecia cumprida do Messias que seria perseguido, morreria pelos nossos pecados e ressuscitaria no terceiro dia. Lembrar a ressurreição de Jesus é uma maneira de renovar a esperança diária de que temos vitória sobre o pecado.

Apesar de ser um feriado de alto significado religioso na fé cristã, muitas tradições associadas à Páscoa remontam aos tempos pré-cristãos e pagãos.

Vigília pascal

Na religião católica, segundo os dez mandamentos de Deus, deve-se guardar e celebrar os dias de festa. Muitos cristãos começam a celebração com uma vigília pascal na noite anterior, às vezes chamada de Páscoa ou Sábado Santo. Os serviços da igreja no domingo normalmente seguem a tradição regular, com um sermão ou canções sobre a história da Páscoa.

Algumas igrejas realizam missas ou outros serviços ao nascer do sol. São frequentemente decoradas com flores. Um tema significativo para a Páscoa é o renascimento, que as flores podem emular e simbolizar. As flores tradicionais da Páscoa incluem os lírios da Páscoa, que se acredita terem crescido no Jardim do Getsêmani, o local da prisão de Jesus.

Outras flores de Páscoa incluem salgueiros, narcisos e tulipas vermelhas, que simbolizam o sangue derramado de Jesus.

A caça aos ovos

As pessoas celebram a Páscoa de acordo com suas denominações religiosas e crenças. No domingo de Páscoa, muitas crianças acordam e descobrem que o Coelhinho da Páscoa deixou uma cesta de guloseimas, e que ele escondeu ovos decorados no início da semana. As crianças caçam os ovos de Páscoa decorados ao redor de sua casa, e muitas organizações realizam a caça aos ovos para as crianças do bairro.

A caça aos ovos de Páscoa é uma tradição que se originou de festivais de primavera pagãos que celebravam a fertilidade. Como muitas tradições pagãs, os cristãos entrelaçaram a prática com significado religioso. A caçada apresenta ovos escondidos pelo mítico coelhinho da Páscoa, que pode conter doces ou outros prêmios.

No dia antes da Páscoa, muitas famílias decoram ovos cozidos com tinta para usar na caça. Os ovos também fazem parte da tradição por causa da proibição de ovos durante o parto na Europa Medieval, o que significa que eles foram frequentemente incluídos na festa de domingo.

O coelhinho da Páscoa

O Coelhinho da Páscoa, ou “Lebre da Páscoa”, é um símbolo de fertilidade, já que os coelhos frequentemente têm nascimentos múltiplos. As crenças romanas afirmam que toda a vida vem dos ovos. Nas sociedades cristãs, os ovos são considerados uma semente da vida e simbolizam a ressurreição de Jesus Cristo.

Ovos de chocolate e doces

A Páscoa continua sendo uma das celebrações religiosas mais populares do mundo. Além do significado religioso do feriado, a Páscoa também tem um lado comercial. Isto é evidente nos ovos de chocolates que aparecem nas lojas no início do mês de Abril.

Ao longo dos séculos, as tradições pagãs e os costumes populares de todo o mundo, incluindo o coelhinho da Páscoa, doces, cestas e ovos de Páscoa, tornaram-se parte integrante deste feriado sagrado.

Mais notícias em catoleemfoco.com
Nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do whatsapp: Clique aqui