Na PB: Família cava cova e enterra familiar depois de não encontrar coveiro no cemitério, vídeo

418

Uma família precisou cavar uma sepultura às pressas nesta quinta-feira (18) para poder enterrar um parente no cemitério do distrito de Cajá, no município de Caldas Brandão.

Segundo familiares, o trabalho precisou ser feito por eles, pois ao chegar no local do enterro de Edmilson Everaldo de Oliveira, 36 anos, a sepultura não havia sido aberta pelo coveiro da prefeitura.

Revoltados com o problema no cemitério, os familiares gravaram um vídeo para mostrar o momento que eles cavaram a cova mesmo embaixo de chuva.

Cilene, conta que o irmão já estava debilitado e tinha problemas mentais, mas não tinha diagnóstico do coronavírus. Ela informou também que a morte foi notificada pela Secretara de Saúde, mas a cova não foi aberta para o sepultamento.

“A Secretária sabia da morte e chegamos aqui e nada da cova, esperamos mais de uma hora e resolvemos cavar. Um absurdo isso. Já é a terceira vez que acontece de famílias vir enterrar os parentes e ter que cavar a cova. A família cava e enterra e cadê os coveiros que recebem salários para isso? Já sofremos com a morte do nosso irmão e ainda passamos pelo sofrimento do abandono da gestão na hora da morte”, relatou a parente.

A prefeita de Caldas Brandão é Neuma Rodrigues de Moura.

Fonte: Portal Litoral

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI

Veja vídeos de nosso site clicando na imagem abaixo e em seguida clicando em ABRIR homem mata a esposa com facadas por causa do auxilio emergencial veja