Mulher morre com suspeita de coronavírus em hospital do Sertão

1539
mulher morre com suspeita de coronavirus em hospital do sertao

Uma mulher morreu com suspeita de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no Hospital Regional de Patos, no Sertão da Paraíba. A morte aconteceu na quinta-feira (19) e a informação foi confirmada pelo secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, nesta sexta-feira (20).

De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, a paciente era doente renal crônica, além de apresentar sintomas do Covid-19. Após a internação dela, foi seguido o protocolo de coleta de exame e encaminhado para laboratório de referência.

Ainda de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES), havia sido feita coleta para exame de coronavírus na paciente, mas até a manhã desta sexta-feira não havia informação se o resultado foi positivo ou descartado.

De acordo com o secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrami, a Paraíba tem poucos pacientes internados com suspeita de Covid-19 nos leitos hospitalares. “Quatro casos suspeitos hospitalizados, todos eles já foram testados e estamos aguardando retorno dessas amostras”, comentou.

É a segunda morte registrada na Paraíba de paciente com suspeita de Covid-19. A primeira foi de mulher de 39 anos que morreu na madrugada de quarta-feira (18) em um hospital particular de João Pessoa. Segundo a assessoria de comunicação da secretaria, a paciente estava internada no Hospital Universitário Nova Esperança (HUNE) há duas semanas e apresentava mais de uma doença.

Ainda segundo a SES, a mulher já teria alguns agravos de saúde, com reincidência de internações hospitalares e não tem histórico de contato com outros casos suspeitos de coronavírus já notificados no estado.

As informações mais recentes divulgadas pela SES, na noite de quinta-feira (19), são de que a Paraíba descartou mais 24 casos do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, até o momento, são 155 notificações registradas, sendo 114 casos ainda em investigação e, até agora, um caso confirmado.

Fonte: G1PB

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI