Foi colocada em liberdade na manhã desta terça-feira, 14 de maio, a jovem Maria Izayne Alves Ferreira, de 20 anos, apontada como sendo autora de um assassinado que vitimou Gustavo Cordeiro Quaresma, de 24 anos, fato registrado na noite de domingo, 12 de maio em Teixeira PB.

Segundo fontes, a suspeita foi colocada em liberdade, após o seu advogado apresentar o Alvará de Soltura expedido pela Justiça. Ela estava recolhida no Presídio Feminino de Patos desde a noite do assassinato.

Izayne, que era esposa da vítima disse a polícia que matou para não morrer, já que era agredida constantemente pelo marido. Gustavo era proveniente da cidade de Monteiro, e segundo informações, o casal enfrentava problemas de desentendimento no relacionamento.

Vítima e suspeita viviam juntos há dois anos, e não tinham filhos.

Após o homicídio, Maria Izayne ligou para a polícia e confessou o crime. A Polícia de Patos acionou a 4° Companhia de Polícia Militar de Teixeira, que efetuou a prisão.

Na manhã desta terça-feira, a reportagem da Rádio Espinharas, através do jornalista Airton Alves, ouviu o Delegado do Caso, Joás Marques, da cidade de Teixeira, que traz mais detalhes desse caso.

Catolé em Foco
Fonte: Teixeira em Foco

Mais notícias em catoleemfoco.com
Nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter
Entre em nosso grupo do whatsapp: CLIQUE AQUI PARA ENTRAR,