Anúncio Patrocinado

Grupo do Estado Islâmico divulga montagem de execução de Neymar e Messi; chocante

barcelona neymar campo sentado mao cara assustado getty 950x71514925352611509725647
barcelona neymar campo sentado mao cara assustado getty 950x71514925352611509725647
Anúncio Patrocinado

O site de monitoramento da ação de grupos terroristas na internet, Site Intel Group, identificou a ação de uma facção pró-Estado Islâmico que está utilizando as imagens dos jogadores Neymar e Messi para ameaçar a segurança da Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia.

Nos cartazes, que viralizaram por serem chocantes, há a mensagem de que o mundo não viverá em segurança até que todos estejam vivendo em países muçulmanos. O grupo pró-Estado Islâmico identifica-se como Wafa Media Foundation.

A montagem mostra Neymar chorando de joelhos sendo segurado por um integrante do Estado Islâmico. Ao lado do craque brasileiro, está o corpo de Messi caído, com a cabeça separada do tronco. Esse tipo de morte é a mais utilizada pelo grupo terrorista em execuções que são divulgadas na internet. O Intel Group informa que a mesma facção terrorista está montando e disseminando uma série de cartazes, fazendo com que todos sintam medo de participar da Copa do Mundo.

Em outro cartaz, que também acabou viralizando na internet, o grupo fez uma montagem com Messi atrás das grades. O argentino, que é o maior craque da atualidade, aparece com um olho machucado, escorrendo uma lágrima de sangue. Como o camisa 10 do Barcelona e da Argentina está sendo o pro principal alvo dos terroristas, o clube espanhol decidiu fazer um anúncio sobre as ameaças.

O porta-voz do Barcelona, Josep Vives, garante que o Estado Islâmico apenas buscou a imagem de Messi porque ele representa o futebol mundial. Vives lembrou que essa ameaça e esse estado de terror está sendo vivido há muito tempo, como aconteceu no Stade de France. No entanto, o representante do clube catalão afirmou que todos estão preparados, sempre mantendo a calma e a serenidade, para enfrentar essas ameaças.

Até o fechamento do artigo, os jogadores Messi e Neymar não haviam se manifestado sobre o novo cartaz. Além disso, o clube do brasileiro, o PSG, também não resolveu fazer qualquer tipo de anúncio. Vale lembrar que a França é sempre um dos principais alvos do grupo terrorista. O país é tratado pelos criminosos como um local em que os imigrantes não são bem recebidos, e por isso, na visão das facções do Estado Islâmico, a população francesa tem que ser atacada.

 

 

News 365

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI