Aprenda como investir em ações passo a passo

Anúncio Patrocinado

Saber como investir em ações na Bolsa pode parecer complicado à princípio. Neste guia você entenderá, de forma prática e objetiva, como ganhar dinheiro na Bolsa de Valores e alcançar o sucesso dos seus investimentos.

Para investir na Bolsa de Valores você precisa:

  1. Escolher uma boa corretora de valores
  2. Abrir uma conta de investimento
  3. Transferir o dinheiro
  4. Definir seus objetivos
  5. Traçar seu plano de investimento
  6. Escolher as ações
  7. Acessar o Home Broker
  8. Enviar sua ordem de compra
  9. Acompanhar a valorização
  10. Realizar os lucro

Mesmo com um passo a passo resumido, ainda podem restar dúvidas na hora de começar os seus investimentos, mas saiba que comprar ações pode ser ainda mais fácil. Para entender melhor como isso funciona, veja o vídeo abaixo e saiba como é fácil investir em ações pela Toro Investimentos:

Para investir em ações na Bolsa de Valores você precisa abrir conta em uma corretora e transferir o dinheiro. Então, basta comprar as ações escolhidas através do Home Broker. Quando as ações se valorizarem, você vende e recebe os lucros.

O risco nesse tipo de investimento é que não ocorra o que você esperava e a ação se desvalorize. Mas fique tranquilo, pois existem diversas estratégias para minimizar este risco. Você também pode contar com a ajuda de analistas experientes no mercado, orientando como escolher as melhores oportunidades e como comprar ações e vendê-las na hora certa.

O principal custo no investimento em ações é a taxa de corretagem, que você paga diretamente para a corretora. Este valor é pago cada vez que você compra ou vende uma ação. Mas, na Toro Investimentos, você só paga corretagem quando tem lucro.

Embora seja um passo a passo bem simples para investir em ações, você precisa tomar algumas decisões e saber o momento certo de agir. Mas sabia que você não precisa fazer isso sozinho?

A equipe de analistas da Toro acompanha o mercado em tempo integral, atenta a qualquer oportunidade. E, para facilitar a sua vida e te colocar ao lado da maior probabilidade, eles enviam recomendações em tempo real, indicando o momento certo de comprar e vender cada ação.

É isso mesmo! Recomendações em tempo real da melhor ação e o momento certo de comprar e vender para ter lucro.

E agora, tudo isso ficou ainda mais fácil. Na plataforma da Toro Investimentos, você acessa as melhores recomendações já separadas por filtros como Fundos Imobiliários, Curto Prazo e Dividendos. E, abrindo a sua conta, você pode investir em suas ações preferidas de forma muito rápida, fácil de entender e com poucos cliques, sem a necessidade de um Home Broker.

O que são ações

Uma empresa é formada por um conjunto de ações. Sendo assim, cada ação é um pedaço dela. Quando você compra uma ou mais ações você se torna sócio daquela empresa, tendo direito a receber parte de seus lucros e, algumas vezes, votar em suas assembleias.

O que é a Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores é o ambiente onde acontece essa troca de ações. Sua função é garantir que as negociações sejam realizadas de uma forma segura, eficiente e justa, e que você receba as ações quando comprar e o dinheiro quando vender. Ela também tem a função de guardar as suas ações em segurança.

A Bolsa de Valores do Brasil é a BM&F Bovespa e você pode pensar nela como aquela cena famosa de gritaria, mas isso não existe mais. Hoje em dia, as negociações são feitas de forma 100% eletrônica e automática.

O início dessa negociação é o IPO, que é a Oferta Pública Inicial. O IPO é quando uma empresa oferece suas ações pela primeira vez na Bolsa, em troca de capital para continuar crescendo. A partir daí temos duas situações:

Mercado Primário: É quando o investidor compra ações diretamente das empresas, portanto as ações vão para o investidor e quem recebe o dinheiro é a própria empresa.

Mercado Secundário: É quando as ações passam a ser negociadas entre os investidores e você compra ações de outro investidor. Neste caso, o dinheiro não vai mais para a empresa.

É no mercado secundário que acontece a maioria das negociações. Por isso, você precisa entender o mercado para saber como investir na Bolsa de Valores de uma forma segura e rentável.

Como ganhar dinheiro com ações na Bolsa de Valores

Existem diversas formas de investir dinheiro na Bolsa de Valores. Comprar ações, esperando pela sua valorização, é apenas uma delas. Você pode investir, basicamente, de 4 formas:

Clubes de Investimento - É quando você se une a um grupo de pessoas para investirem juntos, somando os recursos de todos os integrantes. Assim, vocês têm a possibilidade de investir um capital maior, e dividem os ganhos e perdas proporcionalmente ao montante que cada um investiu.

Fundos de Investimento - É um fundo de ações criado e administrado por um banco ou corretora. Para investir em um fundo de investimento, você compra cotas. Então a sua rentabilidade é proporcional ao número de cotas que você possui, de acordo com o desempenho do fundo.

Fundos de Índices - São os chamados ETFs, fundos que compõem uma carteira espelhada em algum índice, como o Índice Bovespa, Índice Small Caps e outros. Eles investem nas ações que o compõem com o objetivo de ter o mesmo retorno que o índice alcançou.

Compra direta de ações - Essa é uma forma direta de investir na Bolsa de Valores pela internet, e também a principal e mais rentável, pois você tem completo domínio dos seus investimentos. Você abre sua conta na corretora, compra ações através do Home Broker e administra sua carteira de investimentos individualmente.

É claro que comprar suas ações diretamente, sem o intermédio de um fundo ou clube de investimento, é a melhor forma de investir na Bolsa de Valores. Mas como você pode realmente ganhar dinheiro na Bolsa? É aí que entram as diferentes estratégias de investimento e a importância de aprender sobre o mercado para se tornar um grande investidor.

Qual é o valor mínimo para investir em ações?

Essa é uma dúvida comum para quem procura os primeiros passos de como investir na Bolsa de Valores. É um ponto importante, pois muita gente deixa de investir por acreditar que é preciso ser um milionário ou ter muito dinheiro.

A verdade é que não existe um valor mínimo para investir em ações. Mas existe um valor mínimo ideal para que você consiga atingir bons resultados e compensar os custos operacionais.

Você pode encontrar ações que custam R$14,20, como as ações da Petrobras (PETR4) em 17/04/17, por exemplo. Mas, ao comprá-las, você terá que pagar algumas taxas e isso pode corroer o seu lucro. Por isso é importante calcular se o lucro estimado estará acima destes custos. E é importante lembrar, também, que as ações normalmente são negociadas em lotes de 100.

O valor mínimo que consideramos ideal para começar a investir de uma força segura e com a possibilidade de alcançar resultados interessantes, é o capital de R$ 5.000. Assim, você possui melhores condições para arcar com os custos operacionais e oscilações normais do mercado.

Começando com menos de R$ 5.000, independente da estratégia utilizada, você terá que ganhar muito para que seu lucro esteja acima das taxas, o que também implica em correr mais riscos. Ou seja, você pode correr mais riscos de perder todo o seu dinheiro do que de alcançar um bom lucro.

Recomendamos que você comece a investir com um valor mínimo de pelo menos R$ 5.000. Mas para utilizar as melhores estratégias e montar uma carteira diversificada e vencedora, um capital a partir de R$ 20.000 seria o ideal.