Força-tarefa da Polícia Civil é criada para investigar crimes em Catolé do Rocha

Uma força-tarefa da Polícia Civil foi criada para intensificar as investigações de crimes em Catolé do Rocha, Sertão da Paraíba. Segundo a polícia, 30 casos de crimes considerados “violentos letais e intencionais” foram registrados no primeiro semestre deste ano no município.

De acordo com a Polícia Civil, a força-tarefa será composta por delegados, agentes de investigação, agentes operacionais e escrivães do Grupo Operacional Especial (GOE) e das 1ª e 2ª Superintendências Regionais de Polícia Civil da Paraíba, de João Pessoa e Campina Grande, respectivamente.

Uma série de homicídios estão entre os crimes ocorridos no município. A Polícia investiga a suspeita de que as mortes foram provocadas por disputa de território, envolvendo dois presidiários que cumpriam pena no Rio Grande do Norte, mas seriam moradores do Sertão paraibano, das cidades de Catolé do Rocha e Bom Sucesso.

Segundo portaria assinada pelo delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, a força-tarefa atuará em ações articuladas com o Ministério Público da Paraíba, Judiciário e outras instituições que compõem o sistema de Segurança Pública e Defesa Social da Paraíba e do Rio Grande do Norte, Estado que faz divisa com o território paraibano.

Fonte: G1/PB

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI