Anúncio Patrocinado

DJ Ivis se cala em depoimento e será transferido para presídio, vídeo

Anúncio Patrocinado

DJ Ivis passou a primeira noite na prisão na Delegacia de Capturas, em Fortaleza, onde dormiu sozinho em uma cela. O cantor ficou separado de outros presos para garantir a sua segurança, por conta da repercussão do caso.

O produtor musical permaneceu calado durante o interrogatório policial realizado logo após a prisão, segundo o delegado que comanda a investigação, Tharsio Facó, e que só vai se manifestar em juízo.

Os advogados vão entrar com pedido de relaxamento da prisão para domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica, já que o músico é réu primário, com endereço fixo e condição estável de vida.

Por enquanto, o artista será encaminhado a um presídio no Ceará nesta sexta-feira. Por motivos de segurança, o local para o qual Ivis será transferido não foi divulgado.

Foi o segundo depoimento de Ivis desde que a ex-mulher Pamella de Holanda denunciou o cantor por lesão corporal no âmbito da violência doméstica. Na última semana, a influencer divulgou as imagens de alguns dos episódios das agressões contra ela nas redes sociais.

Iverson de Souza Araújo, de 29 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e foi levado pela Polícia Civil um condomínio de luxo na cidade de Aquiraz, região metropolitana de fortaleza, na tarde da última quarta (14). Para garantir que não houvesse fuga, a polícia monitorou o DJ e pessoas próximas a ele até que a prisão fosse concedida pela Justiça.

Depoimentos

Até agora, nove pessoas foram ouvidas. O inquérito dever ser encerrado em até 10 dias. Antes disso, Pamella vai ser ouvida mais uma vez e repetir o exame de corpo de delito. O novo laudo precisa ser feito um mês depois da agressão para a tipificação do crime no processo.

Na última quarta, a funcionária que trabalhava na residência do casal depôs à polícia. Maria Vaneide disse que, embora o relacionamento dos dois fosse “conturbado”, ela nunca presenciou agressões. A empregada negou também que tenha visto o músico ameaçando a ex-mulher com uma faca.

Um dia antes, a polícia ouviu Charles Barbosa, amigo do DJ e motorista que aparece em algumas das imagens das agressões contra Pamella. Seu advogado confirmou que ele sabia das agressões e que não interferiu por ficar “sem reação” diante do fato. Ele também negou ter visto o músico com uma tesoura em uma das discussões, apesar de ter dito isso em um áudio que vazou dias após a divulgação dos vídeos.

Entre em nossos grupos:

34Siga nossa página, seguir a paginaVeja mais notícias clicando AQUI

Veja vídeos de nosso site clicando na imagem abaixo e em seguida clicando em ABRIR homem mata a esposa com facadas por causa do auxilio emergencial veja